Santo Amaro vive dia histórico

Santo Amaro vive dia histórico



A tarde de 13 de novembro de 2018 entra para a História do município. Foi assinado o Termo de Descentralização de Recursos entre o Ministério da Integração Nacional, por meio da secretaria nacional da Proteção e Defesa Civil, tendo à frente o santoamarense Renato Newton Ramlow, e Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC.
Este processo foi solicitado pela prefeitura municipal de Santo Amaro, por meio da Assessoria de Projetos Especiais/Defesa Civil e de maneira muito presente e veemente por parte do prefeito Edésio Justen, sendo atendido prontamente pelo secretário nacional.
A UFSC irá realizar todo um trabalho de levantamento das necessidades de estudos e obras que o rio Cubatão e seus afluentes têm para que as constantes cheias não mais "assombrem a população com o dobrar dos sinos nas madrugadas", destacou de maneira emocionada Renato Newton Ramlow.
São praticamente R$ 1 milhão, já disponíveis para o início imediato dos trabalhos. Após este projeto, que tem nove meses para ser concluído, for entregue à Defesa Civil Nacional, o passo seguinte é garantir os recursos para as obras e serviços elencados pela gabaritada equipe de nossa universidade federal, tendo à coordenação do trabalho pela professora Lia Bastos e sua equipe.
Outra excelente notícia, foi a liberação ainda esta semana, de R$ 480 mil para mais uma obra de enrocamento no rio Cubatão, obra já licitada.
A prefeitura está iniciando o Plano Municipal de Contingência, o que dará ordenamento à Defesa Civil Municipal a ter seu fundo próprio e autônomo e trabalhos ainda mais coesos em termos de prevenção às eventuais catástrofes e desastres.